25 de outubro de 2017

Aviso importante..

Amores ainda não conseguir arrumar meu notebook, mais peço que não me abandonem, não vou parar de postar , vou ver se consigo arrumar ele ate mês que vem.. Logo logo atualizarei ... Bjoos

11 de setembro de 2017


Nothing is by chance - Cap 34 - 
10 DIAS DEPOIS..

Durante esses dias eu chorei várias vezes no quarto, no banheiro, ao ver as meninas, a Alice não foi diferente, o Kelvin fala muito pouco e vive mais no quarto, mais não vou dizer que não sorrimos, fomos a pizzaria, ao clube, ao cinema, parque, todos os lugares possíveis que podíamos ir e nos divertir, até na praia que íamos poucas vezes, a gente sempre marcava de ir, mais eu nunca tinha coragem, só agora que vamos embora é que eu pude aproveitar e ver o quanto é bom ir a praia com os amigos..O Kelvin terminou com a namorada dele, até que gostei, ela não me desce..Os meninos estão desanimados, mais preferem desfaçar e não comentar nada, melhor assim..Hoje vamos a uma festa, o Kelvin nem tava muito afim, mais eu e a Alice insistimos e ele topou..Temos que aproveitar nosso último dia aqui, amanhã bem cedo sairemos daqui..
- Alice : Vou de vestido ?..- Falou se olhando no espelho enquanto eu estava deitada olhando pro teto
- Evellyn : Não sei..
- Alice : Que saco Evellyn, para de pensar, levanta menina, acorda..- Ela revirou os olhos
- Evellyn : Ta, vamos escolher..Vamos de vestido e salto, bem lindas e cheirosas..- Sorri
- Alice : Então vamos banhar, daqui a pouco o Kelvin aparece ai enchendo o saco..
Me arrastei pro banheiro e fomos tomar banho, banhamos juntas..
- Evellyn : Nossa maninha que mala grande..- Sorri
- Alice : Não começa ever..- Sorrimos
- Evellyn : Se eu fosse homem te pegava toda hora viu..-Pisquei
- Alice : E se você fosse homem eu não te dava a mínima..
- Evellyn : Até parece, eu seria gostoso e bem cheiroso, teria pegada e tu ia ficar gamada, de quatro por mim..-Sorri..- Ou melhor, de quatro pra mim..- Gargalhamos
- Alice : Credo ever, sai daí..- Ela entrou no chuveiro pra lavar o cabelo e eu comecei a passar condicionador no meu
(...)
Terminamos o banho e nos vestimos, arrumamos o cabelo e nos maquiamos..

- Alice : Amei esse brinco..- Ela sorriu terminando de por os brincos
- Evellyn : É lindo mesmo..- Dando os últimos retoques na make

Calçamos os saltos e nos passamos perfume..Estávamos nos olhando no espelho quando o Kelvin entra no quarto todo arrumado e bem cheiroso, eu e a Alice nos olhamos admiradas por tanta perfeição, nosso irmão é gato demais vei..
- Alice : O que tem de lindo e cheiroso, tem de folgado e mal educado..- Sorri sem mostrar os dentes
- Kelvin : Aprendi com vocês que adoram entrar no meu quarto sem bater..- Ele sentou na cama
- Alice : E a ser lindo e cheiroso também..O que seria de você sem nós, suas inspirações..- Sorrimos
- Kelvin : Eu seria eu..- Ele sorriu
- Evellyn : O que achou ?..- Dei uma rodadinha
- Kelvin : Ta linda..- Ele sorriu..- Você também Alice..- Sorrimos
- Alice : Ata, pensei que não ia me elogiar. Vamos ?
- Evellyn : Vamos..
- Kelvin : Primeira as damas..- A Alice passou na frente eu em seguida e o Kelvin por último..- Tão gostosas, só podia ser minhas irmãs..- Ele deu um tapinha nas nossas bundas e sorriu
- Alice : Isso é assédio sabia..
Chegamos na sala e nossos pais estavam lá..
- Selly : Meu Deus que lindos, como sinto orgulho de vocês, meus bebês..
- Francis : To pensando seriamente em não deixar vocês duas ir.. Primeiro que não vou está lá, segundo que vai ter vários homens comendo vocês com os olhos, estão lindas demais..
- Alice : Nossa pai..- Sorrimos
- Evellyn : Nós vamos..Primeiro que o senhor não vai está, mais o Kelvin sim, segundo que eles vão olhar, mais não vão tocar, e se somos lindas são graças a vocês dois que capricharam..- Sorrimos
- Kelvin : E eu ?
- Selly : Você é o nosso príncipe, e vai cuidar dessas duas princesas ..
- Kelvin : Que princesas ? ..- Ele fingiu está procurando
- Selly : Kelvin..- Sorriu
- Evellyn : Vou fazer tu enxergar rapidinho..
- Francis : É melhor vocês irem antes que comece uma briga..Kelvin representa nós lá..- Nossa mãe olhou pra ele séria e sorrimos
- Alice : Melhor irmos mesmo, porque a briga talvez fique por aqui..- Saímos sorrindo e ouvimos ela falar alguma coisa. Ou eles brigariam ou se amariam, opito pela segunda opção..Chegamos lá em baixo e pegamos um táxi, íamos separados e nos encontraríamos lá..Dentro do carro recebi um sms

Mensagem : Não cheguem tarde, lembrem que amanhã sairíamos nove horas da manhã..Beijos, mãe..
Apenas mostrei pra eles e seguimos em silêncio..

(...)

Chegamos na balada e já estava lotada, sorte a nossa que somos vips, entramos e logo atraímos olhares, tantos dos homens pra mim e a Alice quanto das mulheres pro Kelvin. Avistamos as meninas e os meninos que estavam lindos e fomos até eles, nos cumprimentamos..
- Kátia : Que isso meninas, tão delicias demais.
- Alice : Estamos..- Sorrimos maliciosas
- Caio : É proibido se apaixonar ?..- Ele me olhou de cima até em baixo
- Evellyn : É..Sou uma propriedade proibida..- Sorri e desviei o olhar

É o que eu estou pensando mesmo..Teve um clima aqui..Não, o caio é meu melhor amigo, não pode haver nada aqui, nada..Pedi uma bebida e fiquei tomando devagar, nada de embebedar..Tinha muita gente, uns se beijando, outros dançando, e nós só conversando e bebendo..

- Kelvin : Vou dançar..- Ele deu o último gole
- Evellyn : Nada de biscate..- Ele sorriu e saiu
- Alice : Também vou..
- Luan : Vamos todo mundo logo..- Eles foram saindo, mais eu preferir ficar e por acaso o Caio também...
- Evellyn : Não vai ?
- Caio : Não..- Ele sorriu
- Evellyn : Você está diferente ..- Olhando pra frente
- Caio : Estou ?
- Evellyn : Sim, está..
- Caio : Talves eu tenha amadurecido mais..
- Evellyn : Hum..
- Caio : Posso está te vendo com outros olhos..- Sentir ele me encarar mais permaneci como estava
- Evellyn : Como assim ?..- Me fiz de desentendida
- Caio : Você mudou muito, amadureceu..Sempre fomos amigos e até então eu não te via diferente, só que há alguns dias atrás eu te notei, um notado além, além da amizade..Não é amor, disso tenho certeza..Sei que nosso amor nunca vai mudar, esse amor de amigos, mais alguma coisa mudou..
- Evellyn : Isso se chama desejo..Não somos mais crianças, podemos sim nos atrair, mais nossa amizade está em jogo e dizem que amizade pode terminar em amor, mais amor nunca termina em amizade..Então..- Ele me interrompeu..
- Caio : Então não precisamos estragar nossa amizade, não estamos falando de amor, estamos falando de desejo..Nossa amizade não vai mudar, nada vai mudar...- Nos olhamos e vi o quanto ele era perfeito..
- Evellyn : O que está acontecendo ?..- Sorri..- Bebi demais ?
- Caio : Vamos fingir que sim..
Fomos pra pista de dança e começamos dançar, logo todos abriram a roda e nos olhavam atentos..Estávamos em uma perfeita sincronia e bem envolvidos, não deu tempo de nada, apenas de corresponder o beijo dele..Eu poderia me arrepender, mais que seria um arrependimento bom, ah seria..Todos gritaram e sorrimos, continuamos dançando e quando vimos todos estavam dançando os nossos passos..Eu iria embora, mais teria boas recordações..
(...)
Depois de dançarmos muito, voltamos pro bar e começamos beber, me perdi das meninas e dos meninos, devem está se pegando com alguém..Eu e o caio estávamos normais, nada teria mudado, é como se aquele beijo não estivesse existido, que bom, assim eu iria sem sentimentos. Eu já estava muito alegre, ou seja, passando dos limites, preferir parar de beber e ele também..Corri os olhos por todos os lugares a procura das meninas, mais nada..
- Alice : Ever ?..- Me virei e ela estava com as meninas
- Evellyn : Oi, onde estavam ?
- Alice : Na parte de cima..
- Evellyn : Viu o Kelvin ?
- Alice : Ta com uma menina..
- Evellyn : Imaginei..- Sorrimos
Ficamos conversando e dançando ali mesmo onde estávamos. As horas se passaram e quando vimos já era mais de três da madrugada..
- Evellyn : Temos que ir, amanhã acordamos cedo..
- Caio : Vão sair que horas ?
- Evellyn : Nove horas..
- Caio : Vou chamar os meninos..- Ele saiu
- Marisa : Vocês estão ?..- Ele não terminou a frase porque eu já sabia do que se tratava
- Evellyn : Não não..Continuamos amigos..- Sorri
- Marisa : Ata..- Sorriram
Ficamos esperando os  meninos e contei pras meninas o que tinha acontecido e que nada havia mudado..
(...)
Minutos depois eles aparecem e nós saímos da balada..Decidimos dormir lá em casa, teria lugar pra todos e nos despediríamos antes da irmos..Chegamos em casa e nossos pais já dormiam, amém..As meninas foram pro quarto comigo e a Alice e os meninos com o Kelvin..Chegamos no quarto e eu encostei na pentiadeira e derrubei uma latinha de prizilia que fez uma barulhão e todas ficaram em silêncio..Prazer o desastre em pessoa. Nada aconteceu e ninguém apareceu, no caso nossos pais, então sorrimos da situação e começamos a trocar de roupa, todas de sutiã e calcinha quando os meninos entram no quarto..
- Kelvin : Que barulho foi es...- Ele nem terminou quando nos viu, quer dizer, viu as meninas né..
- Alice : O que vocês estão fazendo aqui, estamos nos trocando, sai sai..- Falando baixo
- Evellyn : Se nossos pais acorda, vamos embarcar agora mesmo, mais pra tomar uns tapas...
Eles sorriram e saíram do quarto..Nos vestimos e então eles entraram
- Marisa : A Evellyn derrubou a latinha de prizilia..
- Kénio : Sabia que tinha sido tu ever..- Balançando a cabeça negativamente
- Evellyn : Cala a boca..- Sorri
- Marisa : Gente to com sono..
- Kelvin : Ta, já vamos então..
- Marisa : Dormem aqui..
Todos se entreolharam e sorriram..Porquê não ?...Pegamos os colchões no quarto do Kelvin e arrumamos todos aonde dormiríamos e deitamos..
- Luan : Peguei uma garota filé na festa..- Ele sorriu
- Lucas : Ela era gostosa mesmo..
- Evellyn : Quando ver assim nem é essas coisas..
- Luan : Mais ela era..
- Gustavo : Era uma loirinha né ??
- Luan : Era, vai dizer que pegou também..- Ele fez cara de tédio
- Gustavo : Sai daí, eu vou mesmo pegar baba tua..- Sorrimos..- Só se eu pegar primeiro ai ta de boa..- Ele sorriu
- Luan : Sai..
- Marisa : Fiquei com um moreno lindo..
- Kátia : E eu fiquei com o amigo dele..- Elas sorriram
- Clara : A todo mundo ficou naquela balada..Quem não fica com alguém nessas baladas..
- Alice : Eu..
- Caio : Para né Alice..
- Alice : É sério, não fiquei com ninguém..
- Evellyn : Acreditem..Ela não quer mais homens, se converteu e vai virar freira, né mana..- Olhei pra ela e todos sorriram
- Alice : Nem tava pensando nisso, mais já que deu a ideia posso tentar..
- Kelvin : A Alice nunca esqueceu o menino que ela ficou lá em los Angeles..
- Lucas : Já se passaram dois anos..
- Alice : Kelvin não sabe o que fala..- Revirou os olhos..- Esqueci sim, só não quis ficar com ninguém hoje..
- Kelvin : Ta bom..
- Kénio : Peguei três, ta bom pra vocês ? ..- Ele sorriu se gabando
- Kelvin : Larga de mentir, pegou mal uma..- Sorrimos
- Kénio : Vou mentir pra quê ..Admitem que sou o pegador daqui..
- Kátia : Menos Kénio, bem menos..
- Kénio : Olha o ciúmes..
- Kátia : Eu com ciúmes, essa é boa..- Ela sorriu sacartica
- luan : Vi a Kátia nos amassos com um carinha..
- Kénio : Quem era ele ?..- Perguntou de imediato e todos sorriram
- Kátia : Depois eu que sou ciumenta..
Enquanto eles conversava eu me peguei pensando no beijo que eu e o caio demos..Como não sentir nada ?..Não consigo ver ele como homem, por mais que eu tente nada dos meus sentimentos vai mudar, sempre vai ser eu e ele, os melhores amigos..Sair dos meus pensamentos e prestei atenção no que eles falavam, que no  caso era sobre mim
- Kelvin : Ela deve ta pensando no gato que beijou hoje..
- Kátia : Hummm..
- Evellyn : Não estou pensando em ninguém..
- Marisa : Todos aqui falaram, fala ai quem foi o ferlizado da vez..
- Evellyn : Não tem ferlizado..
- Kénio : Vai me dizer que não ficou com ninguém..Linda assim até eu fico..- Sorrimos
- Evellyn : Não, não fiquei com ninguém..- Evitei olhar pro Caio..Acho que ele não se magoaria por eu não querer falar
- Caio : Ela não ficou mesmo não, muitos chalartaram, mais a danada não quis nenhum...
- Clara : E tu ?
- Caio : Fiquei com uma, só..- Ele fez cara de triste
- Karolaine : Milagre, geralmente tu pega umas cinco..- Sorrimos
Continuamos conversando e sentir meus olhos pesarem, tentei ficar acordada, mais não conseguir, aos poucos as vozes foram sumido e eu acabei adormecendo..

Horas depois...
Dormi muito pouco e estava com preguiça de levantar, já havia amanhecido e como fomos dormir tarde eu estava morta de sono e com muita preguiça..Todos ainda dormiam, olhei as horas e marcava 8:30 da manhã, meu Deus sairíamos daqui nove horas..Levantei e fui ao banheiro, fiz minhas higienes diárias e tomei um banho rápido, sai do banheiro enrolada na toalha e fui vestir um vestido que tinha deixado fora das malas..Logo todos acordaram e começou a conversa, Fizeram suas higienes diárias e quando íamos sair do quarto nossos pais abrem a porta..
- Selly : Nossa, dormiram todos nesse quarto ?
Todos receiozos em responder..
- Evellyn : Sim, e muito bem..- Sorri e beijei os dois
- Francis : Já sabíamos..- Ele sorriu..
- Kelvin : Pensei qu..- Ele foi interrompido
- Francis : Que não vimos a hora que chegaram, o barulho que fizeram, e que dormiram todos aqui..
- Todos : O barulho foi a ever ..- Olhei pra eles incrédula e surpresa, todos com o mesmo pensamento de me culpar
- Evellyn : Que isso ? Todos contra mim agora ?
Meus pais sorriram

- Selly : Belos amigos filha..
- Caio : Quem manda ser desastrada..
- Francis : Se arrumem vamos sair..

Hãn ? Não vamos pro aereoporto ?..Nos olhamos sem entender nada

- Selly : Vamos viajar só anoite..- Ela sorriu
- Evellyn : Oxe porque ? Não era de manhã ?
- Francis : Não, é anoite..
- Evellyn : Nossa pai porque não avisou ontem, eu acordei desesperada pensando que estávamos atrasados..
- Francis : Se sabendo que íamos de manhã vocês chegaram tarde, imagino sabendo que só íamos a noite..Estariam chegando agora se duvidar..- Ele piscou
- Evellyn : Isso é golpe baixo..- balancei a cabeça negativamente
- Selly : Golpe baixo é vocês chegar aqui pela manhã, dormirem o dia todo se deixarmos e ainda nos atrasar pra viagem..
- Francis : E se demorarem demais vão perder o passeio..- Eles saírem sem nem deixar nós responder
- Kelvin : Que legal, nossos pais nos enganaram, poderíamos está chegando agora..- Sorrimos e fomos nos arrumar
- Alice : Quero ver esse passeio..
- Evellyn : Também..
Os meninos pegaram roupa emprestada com o Kelvin, o Kénio foi em casa com a Kátia e já voltaram prontos..Todos banhados e cheirosos na sala
- Francis : Vamos ?
Todos assentiram e saímos, nos dividimos porque não caberia todos em um carro só, fomos de motoristas e meia hora depois chegamos. Descemos e logo vi uma entrada interessante, parecia um risort..Entramos e demos de cara com uma piscina maravilhosa, vários amigos dos nossos pais e nossos também, os pais das meninas e dos meninos, garçons servindo bebidas e uma enorme mesa, hum ! almoço em família e amigos..Logo cumprimentamos todos e nossas mães trouxeram biquínis e sungas, mãe é mãe né..Nos trocamos e pulamos na piscina, vamos espantar esse sono..Tinha muitas pessoas, alguns amigos das aulas de dança que fazíamos e lá do condomínio..Eu estava sentada na borda da piscina quando alguém senta do meu lado..Olhei e me surpreendi..
- Evellyn : Erik ?
- Erik : Oi..- Ele sorriu
- Evellyn : Não imaginava te ver aqui..
- Erik : Seus pais me chamaram, qual é já fui seu namorado, esqueceu que eles me adoram..- Ele sorriu e me fez lembrar de quando ele ia lá em casa todo envergonhado, sorrir..
- Evellyn : Eu só consigo lembrar que você tinha medo do meu pai..
- Erik : Claro, ele me deixava nervoso..- Sorrimos
- Evellyn : Verdade, lembra quando foi pedir minha mão e ele disse não ?..
- Erik : Sim, quase enfiei minha cara no chão, fiquei todo sem graça..- Sorrimos
- Evellyn : E vermelho como um pimentão..
- Erik : Nem me fale..Também quase morri quando disse que queria conversar sério comigo, e no fim só iríamos ao mercado comprar umas coisas pro almoço..-Ele sorriu ao lembrar
- Evellyn : Eu sorri tanto de você naquele dia..
- Erik : E eu passei o dia com raiva de você..
- Evellyn : E o resto da semana falando que eu era uma namorada sem graça..- Revirei os olhos
- Erik : Mais nos reconcilhíamos com beijos..- Ele me olhou
- Evellyn : Como sempre..
- Erik : Não mais..- Sorriu
- Evellyn : É..Quem diria que hoje lembraríamos desses momentos e sorriríamos, na borda de uma piscina como dois amigos..
- Erik : Quem diria..E eu que falava que seríamos eternos..
- Evellyn : Eterno só Deus..
- Erik : Foi bom nossos momentos, vou sempre recordar e sorrir ao lembrar..
- Evellyn : Também..Que bom que passou pela minha vida e me arrancou sorrisos, me fez bem e feliz..
- Erik : Digo o mesmo..Boa sorte na sua nova vida no canadá, que seus sonhos se realizem e um dia nos reencontramos e jogamos conversa fora lembrando de tudo isso que vivemos ..
- Evellyn : Te desejo o mesmo..- Sorri e nos abraçamos
- Marisa : Olha o clima de novo ai gente..- Eles sorriram e nos jogaram água, sorrimos e pulamos na piscina. Ficamos brincando enquanto nossos pais sorriam e se divertiam. Era bom ver eles felizes, nada melhor que ter sua família feliz ao seu lado..Depois de algumas horas o almoço estava servido e saímos da piscina, todos na mesa
- Francis : Antes quero agradecer a todos que estão aqui, obrigado pela amizade de cada um de vocês, das ajudas e as preocupações, por aturar nossos filhos..- Todos sorriram..- Por estarem conosco em todos os momentos, sou grato a cada um..Estamos indo embora, mais carregaremos todos no coração e sempre nos lembraremos desses momentos bons que tivemos aqui, agradeço a Deus por ter me dado vocês como amigos, um brinde a essa família linda que somos e sempre seremos..- Todos brindaram e eu limpei as lágrimas que havia escapado
- Evellyn : E um brinde a mim a estrela que ajuda o sol a iluminar o dia de vocês..- Todos sorriram e brindaram, as meninas reviraram os olhos e sorri agradecida..
Almoçamos e depois colocamos uma música, ali tava muito parado, tínhamos que animar..Os meninos colocaram as músicas e começamos a dançar perfeitamente..Nossos pais apreciavam e sorriam
- Evellyn : Vem mãe..- Puxei ela que sorria e dizia não
- Alice : Vem pai..- Sorrimos e eles começaram a dançar, e estavam indo bem, bem até demais pra quem não dançava a anos..Fomos puxando eles e quando vimos todos estavam dançando e sorrindo, parecia mais uns adolescentes sem pensar no dia de amanhã. Eu estava dançando com meu pai e o Kelvin com a mãe, eles sorriam e nos imitavam certinho, é eles eram bons na dança..Depois eles saíram e só ficou eu e as meninas dançando hip hop, nós estavam provocando os meninos, intimando eles pra dançar, todas sincronizadas, fazíamos passos de tirar o fôlego e sorríamos ao ver que eles iam dançar, eles começaram com passos diferentes depois sincronizaram, no fim de tudo, todos começaram a fazer os mesmos passos e terminamos com os aplausos.
- Francis : Que orgulho de vocês..
- Evellyn : Eu sei..- Sorrimos
Ficamos a tarde brincando, conversando, lembrando das nossas loucuras no colégio, dos momentos zoados.. Daqui a pouco todos se despediriam..
- Kelvin : E quando eu e o Kénio saímos do colégio mais cedo e fomos pra casa das meninas da nossa sala..Chegamos tarde em casa
- Kénio : E tomamos uma bela surra..
- Kátia : E eu e as meninas passamos dias zoando vocês..- Sorrimos
- Clara : Até o kénio apelar e começar uma briga feia..
- Karolaine : Chegamos do colégio brigando e nossos pais colocou todos de castigo..
- Marisa : Eu ainda levei um tapa da minha mãe..
- Kelvin : Também, quem mandou responder a tia..
- Alice : E os meninos tiveram que nos visitar porque não podíamos sair
- Caio : Foi o dia mais cansativo de nossas vidas..Vocês de castigo e cada um na sua casa, não sabíamos em qual ficávamos...- Sorrimos
- Luan : Mais eu tive a melhor ideia..
- Lucas : Todos sentados no chão do corredor vendo as pessoas entrando e saindo do elevador
- Gustavo : Melhor foi quando a tia Selly chegou..Em vez de brigar ela sorriu e falou pra nós entrar..Me sentir aliviado, minha bunda já tava dormente..- Sorrimos
- Karolaine : Um dos melhores dias..
Todos em silêncio..
- Evellyn : Eu nunca vou poder retribuir o que Deus fez por mim, colocou pessoas maravilhosas como vocês na minha vida, me deu os melhores amigos, com vocês eu aprendi a sorrir e a lidar com o choro, tive o consolo e o abraço de vocês..Aprendi a da fuga nas aulas e passar os melhores momentos com vocês..- Sorrimos..- Fui minha primeira festa escondida e me fodi, mais não me arrependi, porque sorrimos e nos divertimos..Demos PT em casa e fizemos uma bagunça e no dia seguinte todos estavam de pé mesmo com sono e muita preguiça, todos ajudaram e deixamos a casa em perfeita ordem..Já brigamos muito e perdi as contas das nossas pazes e saídas ao shopping em comemoração..Eu amo cada momento que tive ao lado de vocês, amo cada um intensamente e não preciso de mais nada porque vocês são a melhor família que eu ganhei..Nunca vou esquecer daqui..São momentos como esse que quero ter sempre na minha vida, porque não tem nada melhor que sentar com os amigos e jogar conversa fora, lembrar das coisas engraçadas e bizarras que já fizemos, e sei que daqui uns anos vamos sentar novamente e jogar conversa fora, lembrar desse dia que sorrimos e nos divertimos, lembrar dessas palavras e saber que ainda continuamos a mesma família..- Terminei de falar e sentir as lágrimas descer, assim como todos estavam chorando..
- Kelvin : Tirou as palavras da minha boca..
- Alice : Eu amo vocês...Muito..- Ela respirou fundo
- Kátia : Obrigado pela amizade sincera de vocês..Por cada momento bom e ruim que passamos juntos..Cada sorriso, cada passeio, cada balada legal que frequentamos..Cada abraço e carinho..Os puxões de orelha e conselhos, por se preocuparem com nosso bem estar..Obrigado por nos proporcionar as melhores risadas, os melhores abraços..Nada vai mudar, sempre vamos ser essa família linda e unida que somos, e mesmo distantes vamos nos amar do mesmo jeito, com a mesma intensidade, não importa a hora e nem o lugar..- Ela sorriu em meio as lágrimas
- Kénio : Nem vou falar muito porque a Kátia já falou, mais quero dizer que sou apaixonado por cada um, principalmente pelas meninas..- Sorrimos..- sem segundas intenções..Eu nunca fui tão feliz como fui com vocês, nenhuma outra pessoa vai substituir o lugar que vocês tem no meu coração..
- Marisa : Eu digo o mesmo..Nossa amizade é além dos limites, é extraordinária, os melhores amigos somos nós, e isso ninguém vai mudar, nem mesmo a distância..- Ela sorriu
- Clara : Vamos ligar, mandar mensagem, falar no grupo do whats, falar pela web, qualquer coisa, mais não vamos esquecer um do outro..
- Karolaine : E preparem a casa porque quando nós ir visitar vocês vamos fazer a festa, aquela tipica bagunça que só nós sabe fazer..- Sorrimos
- Caio : Uma casa grande de preferência, com um quarto bem grande pra couber todos..- Sorrimos
- Luan : Preparem um bolo bem gostoso, aquele que só vocês fazem..
- Lucas : E o celular também porque vamos fazer um album só de fotos..- Sorrimos
- Gustavo : E o coração porque vamos está mais bonitos do que já somos..Já to imaginando as gringas me querendo..- Sorrimos e eu soltei uma gargalhada
- Evellyn : Nossa gu, já ta querendo as gringas ?
- Gustavo : Claro, um desses lá não vai ter todos os dias, elas vão amar..- Sorriu se gabando
- Francis : Desculpa atrapalhar, mais temos que ir..- Todos suspiraram e se olharam se tristes..Senti meu peito arder e uma dor, aquela dor invadir o mesmo..Todos levantaram
- Francis : Obrigado por cuidarem tão bem dos meus filhos e por serem esses amigos maravilhosos..
- Selly : A tia ama cada um ta..- Ela tava chorando assim como todos, ela abraçou cada um e disse mais algumas coisas..Começamos a nos despedi com abraços e palavras de conforto, cada abraço um litro de lágrimas..
- Evellyn : Vou esperar a visita de vocês viu..
- Caio : Ta bom..- Nos abraçamos forte e ele me levantou no ar e girou..- Minha pequena, sempre vai ser minha pequena..- Nos separamos e eu sorri em meio as lágrimas
- Luan : Não quero saber de você conversando com menino lá não viu..- Sorriu autoritário e me abraçou
- Evellyn : Vocês são os meus meninos..- Desfizemos o abraço
- Lucas : Já estou com saudades princesa, vai com Deus e se cuida..- Nos abraçamos e sentir mais lágrimas descer
- Gustavo : Se cuida viu e continua sendo essa menina bem sucedida que é, nada de desânimo, cabeça erguida sempre ta..- Assenti e nos abraçamos..
- Kátia : Se cuida amiga, e viva intensamente cada momento, sorria sempre..- Nos abraçamos forte e ficamos ali chorando, depois nos separamos e abracei cada uma das meninas que só choravam..O Kelvin estava muito triste e o Kénio nem me fale, ele chorava sem parar, eles são melhores amigos e agora iam se separar, sei bem como é essa dor..
- Evellyn : Ei, nós vamos vim sempre aqui, e saiba que jamais vamos esquecer de vocês..Nossa amizade não vai mudar nunca, sempre estaremos juntos, mesmo longe, todos em um só coração..- Abracei ele que me apertou forte, depois sentir todos em volta, formando um só abraço..Nos separamos e nossos pais choravam, minha mãe estava abraçada com a tia Karla em plantos..
- Alice : Não quero ir pai..- Ela abraçou ele e ele não falou nada
- Evellyn : Vamos nos ver em breve..
- Erik : Ei..
Me virei e lá estava ele todo triste, com o planto do rosto avermelhado..
- Evellyn : Oi..
- Erik : Se cuida ...- Nos abraçamos forte..-Você sempre vai fazer parte da minha vida..
- Evellyn : Você também..- Nos separamos
- Karla : Nós vamos com vocês até o aereoporto..Então vamos pra casa tomar um banho
Todos assentiram e saímos do risort..Do lado de fora estava os carros, os meninos iriam pra casa, não iriam para o aereoporto.. Então..
- Caio : Até breve...- Ele me olhou e comecei chorar, nos abraçamos de novo
- Evellyn : Até..- Soluçando
Todos se abraçaram novamente e eles entraram no carro, nos olhamos pela última vez e demos thau e mandamos beijo, eles fecharam a porta e saíram..Desabei..Cada família entrou no carro e fomos pra casa. No caminho eu e a Alice só chorávamos. Chegamos em casa e fomos banhar ia dar seis horas, nosso voo era as 21:00..Me arrumei super desanimada, passei só um rímel e um gloss, vestir uma calça, calcei um tênis e coloquei uma regata com uma jaqueta por cima, lá fazia muito frio..A Alice fez o mesmo, no quarto não tinha mais nenhum acessório nosso, a pentiadeira estava fazia, só as camas arrumadas, elas ficariam assim por muito tempo..Saímos do quarto e nossos pais estavam colocando as malas na sala, o Kelvin estava trazendo a dele e a nossa já estava lá
- Francis : Vamos descendo com essas malas Kelvin..- Ele assentiu e quando iam saindo o Kénio chega com as meninas
- Kénio : Querem ajuda ?
- Francis : Sim..- Eles pegaram as malas e saíram
- Selly : Cadê sua mãe ?
- Kátia : Ta terminando de se arrumar..
- Selly : Vou lá..- Ela saiu
- Evellyn : Cuidem bem do nosso apartamento..
- Kátia : Claro, vamos vim sempre aqui ver como está..
- Marisa : Apesar que vai ser difícil vim aqui e não ver vocês..- Lamentou
- Clara : Verdade..
- Alice : Não quero mais pensar, já não tenho mais lágrimas ..- Ela fungou
- Evellyn : Não chora, vamos voltar..
- Francis : Cadê a mãe de vocês ?..- Ele apareceu na porta
- Evellyn : Foi na tia Karla..
- Francis : Pegaram tudo ?
Assentimos..
- Francis : Então vamos..
- Marisa : Antes uma foto..- Ela pegou o celular e tiramos uma foto
Fomos saindo e eu fiquei por último, dei uma última olhada suspirei e fechei a porta..Até qualquer dia. Pegamos o elevador e descemos, lá em baixo estava minha mãe, a tia Karla, o Kelvin , tio Karlos e o Kénio..Minha mãe, meu pai, a tia Karla e o tio Karlos foram em um carro, eu e as meninas pegamos um uber e os meninos outro..
(...)

Chegamos no aereoporto umas oito horas por conta do trânsito e o tedioso engarrafamento, na verdade melhor engarrafamento, mais tempo com as meninas..Descemos e meu pai foi fazer o check in..
- Selly : Vão comprar alguns doces pra enterter na viagem ..
- Evellyn : Não quero nada não mãe..
- Kelvin : Nem eu..
- Karla : Meus amores vocês vão sentir fome..
- Kénio : Verdade, vamos lá comprar..- Ele levantou e sem coragem levantamos
- Marisa : Levem jujubas..
- Kátia : Salgadinhos..
- Karolaine : Refri..
- Evellyn : Não vou comer nada..
- Clara : E vai morrer de fome ?
- Evellyn : É..
- Kénio : Para com isso ever..Vai comer sim, vai chegar lá viva e voltar pra nós viva..- Sorrimos..Eles tinha razão
Compramos alguns doces e salgadinhos..Voltamos e nos sentamos..
- Marisa : Será que vão se adaptar rápido ?
- Alice : Sim, se adaptar ao lugar é fácil, o problema é se adaptar com as pessoas..Eu acho
- Evellyn : Vamos nos acostumar com o tempo..
- Kelvin : Os primeiros dias vai doer tanto..Ir embora do nada pra um lugar totalmente diferente, com novas rotinas, novos lugares, novas pessoas..
- Kénio : Só nos resta aceitar e entender que nada é como queremos, Deus sabe de todas as coisas..
- Alice : É..

 (...)




Comenteeeeem... bjos 

28 de agosto de 2017

Nothing is by chance - Cap 33 - A noticia 

Voltei pra sala e avisei todo mundo, todos comemoram claro e voltamos a beber e dançar..Bebemos tanto que tenho certeza que vamos nos arrepender amanhã...

Dia Seguinte..

Eu me mexi e sentir um braço em cima de mim, preferir não abrir os olhos, até porque não conseguir, fiquei parada esperando a coragem pra mim levantar, abrir os olhos lentamente tentando despertar daquela preguiça. Finalmente conseguir abrir os olhos e ver o caio do meu lado, isso, na minha cama..Tirei o braço dele de cima de mim e sentei na cama, olhei pros lados e vi a Alice na cama dela toda desengonçada, levantei e só então vi que eu tava de sutiã e um short de dormir..Eu troquei de roupa ?, ai meu Deus, por um instante pensei besteira..Não, eu e o caio somos só amigos, nada de sexo por aqui..Fui pro banheiro com uma dor de cabeça dos infernos, fiz minhas higienes diárias, me despi e tomei um banho, coloquei um vestido e sai do quarto. Cheguei na sala e me deparei com uma bagunça, o Lucas e o Gustavo estavam dormindo no sofá. Cadê as meninas ?. Fui no quarto do Kelvin e  vi o Luan e o Kénio, e nada das meninas..Lembrei do quarto dos meus pais e quase infartei, corri até la e abri a porta, mais me aliviei ao ver que estava do jeito que eles deixaram, só então eu lembrei do quarto de hospedes que tínhamos colocado aqui, já que reformamos o AP (Só separamos com uma parede já que aqui é bem espaçoso), fui até lá e as donzelas estavam dormindo, duas na cama de casal e as outras nos colchões no chão..Ai me pergunto como ficamos organizados assim ?, se mal me lembro como troquei de roupa.. Voltei pra sala e a cada passo que eu dava tinha uma garrafa de bebida no chão, meu Deus..Fui até a cozinha e tomei um remédio pra dor de cabeça. Precisamos arrumar isso aqui ou estamos mortos daqui umas horas..Fui no quarto e acordei a Alice que estava mais tonta que eu, sorrimos da sena dela quase caindo ao levantar pra ir ao banheiro e depois fomos acordar os outros..Em minutos todos estavam acordado fazendo alguma coisa, eu fui para a cozinha com as meninas, lavamos todas as louças, secamos e guardamos, limpamos a mesa e passamos o pano no chão, juntamos as garrafas e latinhas e colocamos no lixo..Fomos pra sala e já estava arrumada, só faltava limpar o chão, depois que limpamos a sala, lavamos o banheiro e arrumamos os quartos, por fim tomamos um banho, eu tomei outro porque estava suada, depois voltamos pra sala e nos sentamos, uns no chão, outros no sofá..
- Evellyn : Já falei pra mãe contratar uma empregada ..
- Alice : Pois é, estou morta..
- Kelvin : Estamos..
- Caio : Como fui parar na cama da ever..- Todos sorriram
- Evellyn : Também quero saber..
- Caio : Acho que rolou, acordei sem cueca..- Todos sorriram e eu taquei uma almofada nele
- Evellyn : Engraçadinho..
- Marisa : Nem sei como colocamos os colchões no chão..
-  Alice : To pior que velha com dor nas costas, dormir de mal jeito, acordei toda fodida..- Todos olharam pra ela e sorriu, pensamentos maliciosos..
- Luan : Fodida né..- Ainda sorrindo
- Alice : Sai dai vocês..
- Gustavo : Pelo menos tu dormiu na cama e eu que dormir no sofá..
- Evellyn : Eu acordei de sutiã e um short de dormir, não sei nem como achei o short..
- Caio : A nem ever, to falando que rolou vei..- Sorrimos
- Evellyn : Vai rolar minha mão nessa sua carinha linda de bebê..- Sorri e ele me mandou beijo, otário..
- Alice : Legal, mais eu estou com fome..
- Evellyn : Sobrou bolo e a mãe disse que deixou dinheiro no quarto dela..
- Kelvin : Vou tomar um remédio pra enjoo..
- Kénio : Porra mano, pensei que tu tava tomando anticoncepcional..- Todos gargalharam
- Kelvin : Sou tu não viado..- Sorrimos
- Evellyn : Nossa Kénio..- Ainda sorrindo
- Luan : Vamos comprar pão..
- Alice : Vou pegar o dinheiro..- Ela saiu
Os meninos foram comprar pão e nós ficamos arrumando a mesa. Já estava na hora de almoço, mais como ninguém queria almoçar nem fizemos, nossos pais vão almoçar fora tenho certeza..

(...)

Depois de tomarmos café voltamos pra sala e fomos ver os videos de ontem..
- Caio : Meu Deus olha eu e a ever, dois loucos..- Sorrindo
- Evellyn : Caio tava me tarando vei..- Fingir está indignada
- Caio : Você que pediu..- Ele sorriu
- Evellyn : Mentiroso..
- Kelvin : Dois safados querendo se pegar..Quando vão assumir ?
- Evellyn/ Caio : Nunca ..- Nos olhamos e sorrimos
- Alice : Vão ficar nas escondidas é ?
- Evellyn : Vão caçar o que fazer vocês..
- Kénio : Essas meninas são gostosas né, olha só que perfeitas de sutiã..- Eles sorriram
- Gustavo : São mesmo..- Sorrindo
- Kátia : Chega de video né..
- Alice : É, chega..
- Kelvin : Não, tem vocês só de calcinha..

Todas se entreolharam.. QUE ?

- Evellyn : Hãn ? Só de que Kelvin ?
- Kelvin : Calcinha..- Eles sorriram
- Evellyn : Vou te matar..- Antes que eu desse um tapa nele ele falou
- Kelvin : É brincadeira, to brincando..- Olhei desconfiada pra ele..- Calma mana..
Terminamos de ver os videos e eles tinha que ir embora, então nos despedimos e depois que eles saíram fomos dormir..

(...)

Acordei com a voz da minha mãe me chamando, pensei que tava sonhando, mais despertei ao ver que era real, ela estava no quarto com a feição um pouco preocupada, logo sentei na cama e perguntei o que houve..
- Evellyn : Que foi mãe ? Aconteceu alguma coisa ?
- Selly : Não meu amor, só quero que acorde sua irmã e vão pra sala..- Ela me deu um beijo na testa e saiu do quarto.. Ai meu Deus aconteceu alguma coisa, eu conheço minha mãe. Levantei e acordei a Alice
- Alice : Ela não falou nada ?
- Evellyn : Não, só pediu que fossimos pra sala..
- Alice : E o papai ?
- Evellyn : Ela não falou nada dele, mais não deve ter sido nada com ele, se não ela taria desesperada, vamos logo pra sala..Saímos do quarto e quando chegamos na sala  a nossa mãe tava sentada e o nosso pai acabava de chegar com o Kelvin..Pronto vamos apanhar porque eles descobriram da farra de ontem..Eu e a Alice nos sentamos, logo em seguida nosso pai e o Kelvin..
- Francis : Vocês devem ta preocupados né ..- Ele suspirou e eu já queria chorar, tava com medo..
- Kelvin : O que aconteceu ?. Da última vez que estávamos todos juntos assim, tivemos uma notícia ruim..- Ele se referia ao dia que nosso pai falou da viagem
- Selly : Essa não é uma noticia ruim, que dizer,não é tão ruim..- Ela estava triste
- Francis : Olha, eu sei que foi aqui que vocês nasceram, que passaram a vida inteira aqui, a não ser o ano que viajaram, mais quero dizer primeiramente que tentem nos entender..
- Evellyn : Ta pai, fala logo ..- Eu já estava aflita..
- Francis : Ontem a gente ficou até tarde na empresa resolvendo umas coisas, como vocês sabem ultimamente estamos trabalhando muito e sabem também que a empresa está maior e com muito mais afazeres.. Ontem tivemos a noticia que ela se expandiu pro exterior...
- Kelvin : Isso é muito bom pai, é sinal que os negócios estão bem e agora vai ficar melhor..
- Alice : Não entendi o que tem de ruim nisso..
- Evellyn : Mais acho que eu entendi..- Uma dor invadiu meu peito e sentir meus olhos marejar
- Alice : Continuo sem entender..
- Francis : Como a empresa expandiu e vai pro exterior, vamos ter que ir também..
- Alice / Kelvin : QUE ?
- Selly : Vamos nos mudar pra lá..
Eu sabia que era isso, outra vez a despedida, outra vez as lágrimas, mais agora estamos indo pra ficar..
- Alice : Está me dizendo que vamos morar fora do Brasil ?..- Ela parecia perplexa
- Kelvin : Como assim ? Porque não ficamos aqui pai..
- Francis : Não podemos meu filho, somos os chefes da empresa, precisamos comandar de perto, cada movimento na empresa é de nossa responsabilidade..
- Evellyn : E vamos pra onde ?
- Francis : Canadá, Stratford..

Eu quase paralisei..Canadá era a cidade que as meninas moravam, me lembro quando elas falaram que os pais delas moravam lá..Por instante eu quis sorrir, eu iria vê-las novamente, mesmo que esteja doendo só de imaginar que vou embora daqui, mesmo que tenha as meninas aqui que eu amo tanto, ainda sim eu quis sorrir, nunca esqueci de Los Angeles..

- Kelvin : E nossos amigos pai ?
- Alice : E as meninas ? Como vamos vê-las..- Ela começou chorar
- Selly : Meu amor não chora, eu também vou sentir muito..
Agora entendi a tristeza da nossa mãe.. Lá ela não vai ter ninguém, nenhuma das amigas, as melhores amigas dela é a mãe das meninas, e elas não vão poder ir..
- Evellyn : Outra vez a despedida..
- Alice : Mais dessa vez vamos pra ficar, não sabemos quando vamos vim..- Ela lamentou
- Francis : Mais vocês podem vim ver as meninas sempre que quiserem, elas também vão poder ir ver vocês...
- Alice : E se nossa amizade morrer como a das meninas de Los Angeles ?..-Ela me olhou decepcionada
- Evellyn : Não vai.. Não vamos deixar, e com as meninas de Los Angeles estamos iguais, só não tivemos mais tempo de conversarmos..Não podemos mudar isso, não é nossa escolha..- Tentei conforta-la mesmo estando despedaçada por dentro..
- Kelvin : E quando vamos ?..Por favor, não fala que vamos amanhã..
- Francis : Daqui onze dias ..Me desculpem por isso, eu tentei ficar aqui, mais é la que temos que morar, e com o tempo podemos voltar..
- Evellyn : Que tempo ? ..
- Francis : Depende minha filha, podemos voltar depois de anos lá, cinco anos, dez anos, ou até mesmo um ano..Tudo depende de como vamos lidar com as coisas lá..
- Alice : É, ai nos acostumamos lá e temos que voltar..
- Francis : Prometo que quando chegarmos lá, e se vocês se adaptarem e gostarem, só vinhemos se vocês quiserem..
- Kelvin : Vou pro quarto pensar um pouco...- Ele levantou e saiu
- Selly : E eu vou dormir, estou exausta..
- Francis : Também..- Eles levantaram e foram pro quarto
Eu e a Alice fomos pro quarto e começamos a chorar..Ficamos deitadas pensando nessa nova vida que teríamos lá..
- Alice : Como vamos falar pras meninas ?
- Evellyn : Não faço ideia..
- Alice : Ever já passamos por isso antes e lembra o que aconteceu ? Nos apegamos e gostamos e no fim de tudo não queríamos voltar ainda, e se gostarmos de lá ?
- Evellyn : Se gostarmos vamos morar lá por anos eu acredito, você vai se formar lá, eu vou entrar na faculdade e assim por diante..Sei que nossa amizade com as meninas nunca vai morrer e elas vão nos visitar..
- Alice : Canadá não era a cidade que os pais das meninas moravam ?..- Ela falou pensativa
- Evellyn : Sim..
- Alice : Então...- Ela me olhou esperançosa
- Evellyn : Sim, podemos encontrar elas lá..
- Alice : Meu Deus..Quem sabe eu não vejo o Raylan..
- Evellyn : É..
Ficamos conversando e aos poucos já estávamos mais acostumadas com a ideia..Passamos o resto da tarde no quarto..

Dia Seguinte..
Acordei morrendo de calor, levantei fiz minhas higienes diárias, me despi e tomei um banho, coloquei uma roupa confortável e fui tomar café..Nossos pais já tinham ido trabalhar. Cheguei na cozinha e encontrei o Kelvin tomando um copo de suco bem pensativo..
- Evellyn : Não fica assim..
- Kelvin : Não tem como..Aqui é o nosso lugar, é aqui que mora nossos amigos Ever..Lá é tudo diferente, estranho..
- Evellyn : Eu sei, mais você acha que nossos pais querem mesmo ir ?..Olha como a mamãe ta, ela ta péssima..
- Kelvin : Então é só ficar aqui..Eles mudam de empresa..
- Evellyn : Claro que não Kelvin, como eles vão mudar de empresa, não é assim que as coisas funcionam e você sabe disso. Nossos pais batalharam muito pra chegar aonde eles tão, como eles vão abandonar a empresa que tanto nos ajuda, foi através do trabalho deles que nossa renda aumentou e é por isso que reformamos o nosso apartamento sabia..Eu sei que vamos deixar nossos amigos, nossa rotina, nosso apartamento, eu sei, mais nem tudo é do jeito que queremos e temos que aceitar as mudanças nas nossas vidas..
- Kelvin : Eu sei, só queria que tivesse outra solução..- Ele suspirou..
- Evellyn : Eu também.. Mais não é agindo assim que vamos achar uma solução..Poxa cadê o meu irmão mais velho ?
- Kelvin : Você tem razão..Se temos que ir, só me resta aceitar, estou sendo muito imaturo..
- Evellyn : Vamos aproveitar cada momento aqui, fazer deles os melhores..
- Kelvin : Agora sei o que vocês sentiram, só que três vezes pior..
- Evellyn : É..
Depois de uns minutos a Alice acordou e fomos tomar café..
- Kelvin : Chamei as meninas e os meninos pra vim pra cá..
- Alice : Ótimo..- Ela sorriu, mais logo desfez..- Ou melhor, péssimo, vamos dar a noticia..
- Evellyn : Nem me fale..-Suspirei
- Kelvin : O que vamos fazer de almoço ?
- Evellyn : Não sei, quando as meninas chegar nós ver...

A campanhia tocou..

- Evellyn : Eu abro..- Levantei e fui abrir a porta
- Kátia : Chegamos..- Sorrimos e nos comprementamos
Todos entraram e comprimentaram a Alice e o Kelvin..
- Evellyn : Meninas vamos pra cozinha, vamos fazer o almoço..
- Clara : Vamos..
- Alice : O que vamos fazer ?
- Marisa : Vamos fazer arroz, feijão, carne, salada..
- Evellyn : Eu faço a carne..
- Alice : Eu faço o arroz..
- Marisa : Feijão..
- Clara : Salada
- Kátia : Eu e a laine vamos arrumar a mesa..
- Karolaine : Isso..
Começamos a fazer o almoço..
- Marisa : Odeio cortar cebola, sempre choro..
- Evellyn : Somos duas..
- Kátia : A louça é dos bonitinhos que estão lá na sala sem fazer nada..
- Alice : Com certeza..
- Evellyn : Pronto. Daqui meia hora nosso assado estará pronto..- Sorri satisfeita ao colocar a travessa no forno
- Clara : Hum já quero provar..- Sorrimos
- Evellyn : Vamos pra sala..

Chegamos na sala e os meninos estavam sorrindo de alguma coisa.
- Alice : Quero sorrir também..
- Kelvin : Coisas de homem..
- Alice : Coisas de homem também me interessa..
- Karolaine : Nos interessa né..
- Evellyn : Homem só fala merda, não vale a pena saber ..- Sentei intediada
- Caio : Vamos ver quem passa o dia falando besteiras e coisas sem sentidos..- Revirou os olhos
- Evellyn : Os homens..
- Caio : Os homens nada, vocês..
- Lucas : Nós só falamos de coisas boas e interessantes..
- Evellyn : Mulher, ou seja, nós..- Sorrimos
- Kelvin : Qual parte das coisas '' boas '' você não entendeu ?
- Evellyn : Ta falando que não sou boa Kelvin ?
- Kelvin : Claro que não maninha..- Ele debochou
- Evellyn : Fala isso porque sou tua irmã, se não fosse tava doido pra me pegar..- Sorri me gabando
- Kelvin : Sai daí ou..
- Alice : Admite que somos as melhores meninas que vocês já conheceram..
- Luan : Eu admito..
- Caio : Também..
- Kelvin : Parem de puxar saco por favor..
- Kénio : Mais que elas são boas, isso temos que concordar..- Ele sorriu malicioso
- Kelvin : Até tu vei..- Indignado..
- Marisa : Quem vê até pensa que tu não ama a gente..
- Kelvin : Eu ?..- Ele sorriu..- Claro que amo, como não amar..- Sorrimos, idiota..
Ficamos conversando e depois fomos almoçar, os meninos mais elogiaram do que comeram, realmente estava muito bom..Terminamos de almoçar e agora eu e as meninas iam assistir o show deles pra não lavar as louças..
- Evellyn : As louças é de vocês..- Levantei indo por meu prato na pia
- Kelvin : QUE ?
- Alice : Isso mesmo que ouviu, nós fizemos o almoço, montamos a mesa e ainda fizemos sobremesa..Nada mais justo que vocês lavem as louças..
- Lucas : Nem pensar..
- Luan : Lavar louça não é comigo..
- Caio : Nem comigo..
- Evellyn : Com a gente que não é, portanto sem show por favor..
- Kelvin : A nem, lavamos na próxima..
Eu e a Alice nos olhamos e por um instante lembramos da viagem. Olhei pro que Kelvin que tinha se tocado do que havia acabado de falar...
- Evellyn : Não, vão lavar agora..
- Kénio : Eu guardo então..
- Kelvin : Não, eu guardo..
Olhei pras meninas intediadas e elas entenderam o recado..
- Evellyn : Se resolvam, queremos as louças limpas, secas e guardadas..- Saímos da cozinha e fomos pra sala
- Alice : Vão mais brigar que lavar..- Sorrimos
- Kátia : Mais vão se entender..
- Karolaine : Tava pensando, podíamos ir ao clube mês que vem né..
- Evellyn : Mês que vem ta longe..Vamos essa semana..
- Alice : É..
- Karolaine : Tanto faz..Temos tempo pra ir ao clube, ao shopping, todo lugar..
Na verdade não temos, quase chorei ao ouvir aquelas palavras, como elas reagiriam, queria tanto poupar elas dessa dor..Ficamos conversando sobre coisas aleatórias, depois que os meninos terminaram de lavar as louças, nós comemos a sobremesa e assistimos um filme, passamos a tarde sorrindo e fazendo palhaçadas..Já estava quase na hora deles irem embora..Não dava mais pra esconder, tínhamos que contar..Olhei pra Alice e o Kelvin, e eles intederam..
- Evellyn : Gente precisamos contar uma coisa..- Todos fizeram silêncio
- Marisa : Coisa boa ?..
- Evellyn : Não..
- Caio : Vishe lá vem..Odeio noticia ruim
- Alice : E essa é péssima..
- Evellyn : Como eu vou contar..- Suspirei
- Kelvin : Fala tudo de uma vez..- A voz dele estava falha
- Evellyn : Vocês sabem que nossos pais estão cada vez melhores la na empresa..- Todos assentiu..- Com isso, a empresa expandiu pro exterior..
- Marisa : Isso é bom então..
- Caio : Não, não é tão bom assim..- Ele já tinha assimilado tudo
- Luan : Diz que não é o que eu to pensando..
- Lucas : Não, não, não..- Ele estava sem saber o que falar..
- Kátia : Ai gente, falem logo..
- Evellyn : Como a empresa cresceu e foi expandida pro exterior, nossos pais que são os chefes, vão ter que ir junto com ela..
As meninas me olharam paralisadas, sentir meus olhos marejar e transbordar, fazendo com que aquelas lágrimas quentes percorressem meu rosto..Todos em silêncio, os meninos pensativos, a Alice já estava aos prantos..
- Kátia : Está me dizendo que vão embora daqui ?
- Marisa : Diz que não ..
Só conseguir assentir e vi elas chorar..
- Karolaine : Não, deve haver outro jeito..
- Clara : De novo não..
- Kelvin : Não há outro jeito..Vamos embora, e dessa vez não é só duas, e muito menos só um ano..- Desabei e o caio me abraçou, todos começaram chorar, os meninos estavam sérios e tristes..
- Kénio : Kelvin...- Ele não conseguia falar, apenas abaixou a cabeça..
- Evellyn : Queria poupar vocês..-Funguei
- Marisa : Qual lugar ?
- Evellyn : Canadá..
- Kátia : Nossa..
- Evellyn : Mais não vamos deixar de nos falar, nem de nos ver, vamos vim aqui, vocês podem ir lá..Sempre seremos uma família, sempre..
- Clara : Sempre, mais é tão difícil saber que a família vai se separar..
- Karolaine : Isso tudo poderia ser um sonho ruim, nada do que ta acontecendo fosse real..
- Kátia : Mais não é..
- Kénio : Nem tudo é como planejamos..Era pra ser tudo diferente..
- Kelvin : Era..Mais temos que nos confortar, e aprender a lidar com as voltas que o mundo dá..
- Caio : É..Não somos mais crianças, e por mais que doa, que sentimos falta e saudade, temos que continuar seguindo..Não sabemos o dia de amanhã, então podemos nos separar hoje e amanhã estarmos juntos novamente..
- Lucas : É isso ai..Quer saber, vamos curtir e nos divertir bastante..E quando tivermos tempo nos visitamos, ligamos, nos falamos pela web, qualquer coisa, mais nossa amizade não vai mudar, nunca..- Sorrimos
Passamos o resto da tarde conversando e sorrindo, falando besteiras e tirando fotos..Estávamos nos divertindo, e se estávamos tristes não demostraríamos..Nada de lágrimas e tristezas..Eu sorria e falava besteiras junto com eles, mais só eu sei a dor e a tristeza que está aqui dentro, me distraia nos pensamentos e despertava com eles me chamando, mais parecia que eu não era mais daquele lugar, eu não pertenço mais a eles e tenho que me acostumar com isso tudo..
10 DIAS DEPOIS..





Mais um cap pra vocês, mesmo que não tenha os comentários que eu pedi, é só três, é pedi muito ?.. Peço que comentem mais uma vez, isso me ajuda muito.. bjos

10 de agosto de 2017

Nothing is by chance - Cap 32 -  Festa em casa
2 ANOS DEPOIS..

Dois anos se passaram e muita coisa mudou..Terminei os estudos e fiz alguns cursos profissionais..A Alice continua estudando e o Kelvin está fazendo um curso técnico..Nossos pais mudaram de empresa e estão cada vez melhores, a renda daqui de casa aumentou muito e reformamos o apartamento..As meninas estão aqui quase todos os dias e vejo os meninos muito pouco, eles andam muito ocupados..Não conseguimos ir visitar as meninas em Los Angeles, apesar de termos a renda aumentada, não tivemos tempo, nossos pais passam o dia fora, e as vezes a noite, chegam cansados e temos que dar conta de tudo aqui..Não deixei de falar com elas, mais já tem um tempinho que não nos falamos, não sei noticias do Justin, da última vez que falei com elas, ele tinha mudado de colégio, desde então nunca mais..Meus sentimentos por ele ?, não sei se ainda gosto dele, mais prefiro não pensar mais nele, só quando pego no colar que fiz das pedras que achamos na cachoeira naquele dia.. O Erik ?..Ah, o Erik, então depois daquele dia que pedir um tempo e ele aceitou de boa nós continuamos amigos e ele não desistiu da ideia de namorarmos, então meses depois eu aceitei, mais não duramos mais que um ano não..Não consegui ficar com ele por completo e decidi terminar, ele entendeu e preferiu aceitar sem reclamar , hoje somos amigos e nos falamos sem ressentimentos, depois que terminamos eu fiquei com alguns meninos, mais nada muito sério.A Alice não ficou com ninguém durante esse tempo, quer dizer, só com um, uma única vez, ela não esquece do Raylan de jeito nenhum, já tentei avisar que ele já deve ter casado e ela aqui ainda apaixonada.. Agora que tenho 17 anos mudei muito, engordei e to me sentindo uma puta de uma gostosa, meus seios aumentaram, pernas e bum bum também, meu cabelo cresceu e está enorme, a Alice também mudou muito, ta mais rebelde do que nunca..Não mudei só fisicamente, meu jeito de pensar também, acho que amadureci mais e estou mais responsável, eu acho..Agora nossos pais deixam a gente sair pras festas, contando que não bebemos e nem usamos drogas, porque ai já sabem né..A Alice teve a festa dela de quinze, quase infartei de raiva, eu não tive a minha e ela teve, por causa disso nós brigamos feio e passamos uns dias sem se falar, mais depois fizemos as pazes e hoje estamos ai, agora brigamos mais, ela aumenta o tom de voz e ai já começa uma briga, podem imaginar como termina..O Kelvin apareceu com uma namorada aqui em casa, e não gostamos dela nem um pouco, metida demais, já falei se ela ficar de coisa aqui vou colocar ela pra fora a ponta pé, porque sou dessas..Estou pensando em começar fazer faculdade ano que vem, já que estamos no final do ano e não dá mais tempo, então ano que vem eu entro..  a Alice faz dezesseis anos e meu pai já falou que não vai ter festa, mais que podemos sair se ela quiser..Vou falar pra ela pedir pra irmos pro clube..
- Evellyn : Alice o papai falou que tu pode escolher qualquer lugar pra irmos no teu aniversário, aonde vamos ?..- Eu estava deitada na cama mexendo no celular
- Alice : Não sei ainda, vou ver..- Ela falou saindo do banheiro enxugando o cabelo, que por sinal também estava grande..
- Evellyn : Vamos ao clube..
- Alice : Não sei, talvez vou ficar em casa..
- Evellyn : Que ?, nem pensar, vamos sair sim, ficamos em casa todos os dias..
- Alice : O aniversário é meu, eu que decido..- Ela sorriu debochada
- Evellyn : Nada disso, sou sua irmã querida e você vai fazer esse favor pra mim né..- Sorri
- Alice : Não..
- Evellyn : Para de ser chata..- Levantei, peguei na bunda dela e entrei no banheiro
- Alice : Deixa minha bunda em paz..- Ouvir ela sorri
- Evellyn : Não..Sabe andei notando que você engordou nos últimos meses, andou aprontando alguma coisa ? ..- Sai do banheiro sorrindo
- Alice : Sim, fiz a mesma coisa que você..- Me olhou e sorriu debochada
- Evellyn : Então não fizemos nada, porque eu não fiz nada..Nem tenho tempo mesmo
- Alice : Tem tempo sim, não ficou com o Erik porque não quis
- Evellyn : Não estava pronta ainda..
- Alice : É, mais se fosse o Justin, tinha rolado né..- Ela sorriu e eu acompanhei
- Evellyn : E se fosse o Raylan você tinha entregado até a alma né..
- Alice : Estamos falando de você queridinha..
- Evellyn : Claro que eu não teria ficado né..Independente de gostar ou não, eu pensaria duas vezes..
- Alice : Isso se chama medo..- Ela gargalhou
- Evellyn : Tua cara..
- Alice : Ta..To zuando, sou do mesmo jeito, não posso falar nada..- Sorrimos
- Evellyn : Hoje o almoço é seu ta..
- Alice : Não ever, ontem eu fiz..- Resmungou
- Evellyn : Cria vergonha na cara Alice, quem fez o almoço foi eu..Nem vem ta..- Levantei e sai do quarto
- Alice : Mentirosa, eu que f..- Ela pausou, lembrou de algo..- Aé, ontem quem fez foi tu, foi mal mana..- Ela sorriu e eu acertei um tapa nela e corri pra cozinha
- Evellyn : Tu é otária demais, quero strogonoff..
- Alice : Vai ficar querendo, estou com preguiça, vou fazer o básico e pronto..- Revirei os olhos
- Kelvin : Eu faço o almoço..
Eu e a Alice nos olhamos..Como assim ele vai fazer o almoço, ele nunca faz e sempre reclama quando pedimos, o que deu nele hoje..
- Evellyn/ Alice : Ta bem Kelvin ?..- Sorrimos
- Kelvin : Estou, parem de ser bestas..To afim de cozinhar, só isso..- Ele sorriu
- Evellyn : Ta Kelvin..- Falei e deixei a Alice terminar a frase
- Alice : Com qual condição ?..- Cruzamos os braços
- Kelvin : Que vocês não contem pros nossos pais que minha namorada passou a tarde no meu quarto ..
- Evellyn/ Alice : QUE ?
- Evellyn : Nem pensar Kelvin, tu sabe que odeio aquela garota..
- Alice : E eu..
- Kelvin : Por favor, vocês são minhas irmãs, devem me ajudar sabia..Olha, ela não vai nem falar com vocês, vamos ficar no quarto, se quiserem podem até sair..- Ele tava quase implorando
- Evellyn : E ainda por cima quer que nós saia de casa, nunca nessa vida..Não adianta, não aceito essa  condição..
- Kelvin : Vou fazer o almoço, lavo as louças e guardo e vocês tão achando ruim..Então vamos fazer assim, quando fizerem algo que nossos pais não podem saber, eu não conto, guardo o segredo de vocês..
Nos olhamos e sorrimos maliciosas. OPA, interessante..
- Evellyn : Ta, mais vai lavar o banheiro também..- Sorrimos
- Kelvin : Ta..- Ele sorriu e nos encheu de beijo
- Evellyn : O que uma mulher faz né..
- Kelvin : O que a mulher tem faz..- Gargalhamos
- Alice : Eco, aqui dentro de casa..Nunca mais entro no teu quarto..
- Evellyn : Nem eu..- Sorrimos
- Kelvin : Vou trocar as cobertas..
Eu olhei pra Alice com nojo e ela fez careta também..
(...)

O Kelvin fez o almoço, lavou e guardou as louças, lavou o banheiro e nosso acordo estava feito..Depois ele tomou banho e se arrumou.Hoje ela não escapa, pensei e comecei sorrir de mim mesma e dos meus pensamentos..Eu e a Alice tomamos banho e nos arrumamos, Deus me livre de ficar aqui..Na hora que íamos saindo a campanhia toca
- Kelvin : Sem gracinhas vocês duas..- Ele abriu a porta
- Tânia : Oi amor..- Eles deram selinhos
- Kelvin : Entra..- Ela entrou e sorriu pra nós
- Evellyn : Bom, eu e a Alice vamos sair ta..Mais  tarde estamos ai
- Alice : Se comportem..- O Kelvin nos olhou super sério
- Evellyn : Ótima tarde aos dois..- Sorrimos e saímos antes que ele nos matasse com o olhar..
- Alice : As meninas estão esperando lá em baixo
- Evellyn : Ta..- Descemos e elas estavam lá sorrindo de alguma coisa
- Marisa : E ai vacas, porque demoraram ?
- Evellyn : Estávamos cumprimentando a vadia do meu irmão..- Sorrimos
- Kátia : Nossa estávamos falando disso quando vocês chegaram, o kénio também tava com a namoradinha dele lá em casa
- Karolaine : E o Guilherme também..
- Alice : Ui, vai ver combinaram de perder a virgindade tudo ao mesmo tempo..- Gargalhamos
Fomos tomar sorvete e ficamos na praça conversando sobre besteiras como sempre, acabamos esquecendo da hora e quando vimos já havia ficado de noite,voltamos pra casa...Abrimos a porta e nossos pais estavam na sala
- Selly : Boa noite meus amores..- Como sempre carinhosa
- Evellyn / Alice : Boa noite mãe..- Demos um beijo nela e no papai
- Francis : Estavam aonde ?
- Evellyn : Na praça com as meninas..Cadê o Kelvin ?
- Selly : No quarto, chegamos e ele tava deitado..
Eita, então rendeu a tarde, temos que zuar ele..Olhei pra Alice que entendeu e fomos pro quarto dele, nem batemos só entramos e fechamos a porta, ele nem se mexeu
- Evellyn : Acorda maninho..- Sorrimos
- Kelvin : Sabia que os quartos tem portas para as pessoas bater antes de entrar..- Ele revirou os olhos
- Alice : Não sabíamos, e mesmo que soubéssemos, sempre vamos entrar sem bater..
- Kelvin : Ta, quando eu entrar no quarto de vocês sem bater não reclamem..
- Evellyn : E ai rolou ?
- Kelvin : Rolou o que ?..- Ele queria sorrir
- Evellyn : Fala logo.
- Kelvin : Vocês podem sair do meu quarto por favor..
- Alice : Não..Enquanto não falar, não vamos sair daqui..- Íamos sentar, mais lembramos ..- Trocou as cobertas ?, não vou nem sentar aqui..
- Kelvin : Vocês são chatas demais..Troquei as cobertas sim..- Ele sentou na cama
- Evellyn/ Alice : Huuuum..
- Evellyn : Sinal que rolou então..Como foi ?..- Sentamos
- Kelvin : Sério isso ? Querem mesmo saber ?
- Evellyn : Pensando bem, melhor não..Me repulna só de pensar que vocês dois estava aqui..- Sorrimos
- Kelvin : Ela é boa demais..- Ele sorriu malicioso
- Alice : Eco, agora vai ter que casar sabia ?
- Kelvin : Quem sabe..- Sorriu
- Evellyn : Te mato, todas, menos ela..
- Kelvin : Ta..Faço tudo pra ver vocês felizes, se não gostam dela, caso com outra..- Sorrimos
- Alice : Até parece que é assim..Quando você encontrar alguém que goste de verdade, nada e nem ninguém vai te impedir de ficar com ela..
- Kelvin : Pensando assim..Mais que graça vai ter se vocês não gostar dela..
- Evellyn : Vamos gostar dela, eu sei que vamos..Não sendo a Tânia..- Sorrimos
- Kelvin : E vocês, cadê os '' namoradinhos'' ..- Ele falou debochado..
- Alice : To fora de namoro..- Ela sorriu sem mostrar os dentes
- Evellyn : Também..- Sorri
- Kelvin : Me conta uma coisa, quando vocês foram pra Los Angeles, não conheceram ninguém ?
Tudo parecia ter voltado, as lembranças, os sorrisos, as brincadeiras, os abraços.. Cada momento com eles foi tão intensos que sentir uma saudade tão grande..Olhei pra Alice e ela encheu os olhos de lágrimas..
- Evellyn : Sim, mais não conta nada pro papai e nem pra mamãe..
- Kelvin : Claro que não..Não tenho esse direito..
- Alice : Conheci um garoto muito legal, e se nós ainda estivesse lá, estaria com ele ainda..Mais nem tudo é do jeito que queremos, as coisas mudam, e temos que seguir..
- Kelvin : É..Se eu pudesse levaria vocês lá só pra matarem a saudade..
- Evellyn : Quem me dera..Bom, eu vou tomar um banho..
- Alice : Também..- Levantamos
- Kelvin : Desculpa a pergunta, não sabia que ainda mexia com vocês..
- Evellyn : Tudo bem..Isso é passageiro..
- Alice : Já você toma cuidado, pode virar papai..- Sorrimos
- Kelvin : Ta doida, vira essa boca pra lá..
- Evellyn : Vira mesmo, todos te matam, começando por mim..- Sorri e saímos do quarto..
(...)

Tomamos banho e jantamos, depois fomos pro quarto, ficamos conversando sobre várias coisas, até mesmo sobre as meninas de Los Angeles,outra vez nos pegamos chorando, mais logo tiramos da cabeça e fomos dormir..
5 DIAS DEPOIS..

Hoje é o aniversário da Alice, acordei cedo com o Kelvin e preparamos um café da manhã pra ela, nossos pais vão pro serviço mais tarde para parabenizar ela..Dormioca como sempre ela ainda tava dormindo, entrei no quarto bem devagar e peguei meu celular, pedir pras meninas e pros meninos vim pra cá, não vai ter festa, mais vamos bater os parabéns, já que ela dorme muito, dá tempo de todos chegar..
(...)

Todos estavam aqui em casa, Alice ainda dormia então deixei todos na cozinha e fui chamar ela..Entrei no quarto e vi ela dormindo..Vamos lá
- Evellyn : Ali, acorda..- Chamei mais ela nem se moveu..- Alice acorda..
- Alice : Oi, que foi ?..- Ela abriu os olhos tentando acordar direito
- Evellyn : Parabéns meu amor, muitos anos de vida..- Abracei ela e sorrimos
- Alice : Obrigado vida..
- Evellyn : Se troca, nossos pais ainda tem que trabalhar e quer te dar os parabéns..
Ela assentiu e foi pro banheiro, minutos depois saiu arrumada..Saímos do quarto e fomos pra cozinha.Quando chegamos lá ela ficou surpresa e todos começaram a cantar os parabéns..Depois dos parabéns todos foram abraçar ela e parabeniza-la.
- Alice : Nossa, nem imaginei que vocês estaria aqui..- Ela sorriu..Depois dos abraços ela cortou o bolo e deu o primeiro pedaço pros nossos pais e o segundo pra mim e o Kelvin, o resto se serviu ..
(...)

Nossos pais tinham que ir trabalhar, então só ficou os jovens em casa, as meninas e os meninos..
- Lucas : Deixamos os presentes no seu quarto..- Eles sorriram
- Caio : Compramos um só em nome de todos, somos péssimos em comprar presentes..- Sorrimos
- Clara : Disso todos já sabemos..
- Evellyn : O que vale é a intenção, então..
- Alice : Verdade..
- Evellyn : Mais já que hoje é seu dia, podemos fazer a festa aqui em casa mesmo né..- Sorri e levantei, fui até o som, os meninos afastaram o sofá, as meninas foram na cozinha e voltaram com bebibas..
- Kelvin : Hoje a casa é nossa..
- Kénio : Toda nossa..- Sorrimos
Coloquei uma música e eu a Alice começamos a dançar sensualmente, os meninos nos apreciavam e as meninas sorriam maliciosas, logo elas entraram na dança e começamos a dançar igual, já sabíamos os passos mesmo, só arrasamos..A gente descia, subia, rebolava, jogava o cabelo, fazia caras e bocas, todas sorriam e os meninos acompanhava..O Kelvin pegou o celular e começou a gravar nossa dança louca e sensual..Depois mudamos de música e os meninos começaram a dançar, quando vimos todos estavam no mesmo embalo, eu dançava sensualmente com o Caio, ele passava a mão no meu corpo, quem via até pensava que tínhamos algo..Eu mordia os lábios e ele sorria descaradamente, o bom da nossa amizade era isso, nos tratávamos como namorados, tínhamos intimidade pra isso, eles podem.. Depois de dançarmos a gente foi beber, começamos beber, beber e beber..Tiramos fotos, fizemos videos engraçados, era um mais louco que outro..Quando vimos já estávamos tontos e sorrindo muito, ou seja quase bêbados, nossos pais iam nos matar..A casa tava uma bagunça e nós meninas já estavam sem blusas, os meninos sem camisas e todos triloucos dançando e bebendo cada vez mais..No meio daquela zona por sorte ouvir meu celular vibrar fui pro quarto e atendi..
Ligação on
- Evellyn : Oi mãe ?
- Selly : Oi filha, então liguei pra avisar que eu e seu pai vamos chegar só amanhã demanhã ta ?, Estamos em reunião e temos muita coisa pra fazer aqui, então se comportem, deixamos dinheiro em cima da mesinha do nosso quarto..
- Evellyn : Ta bom, bom trabalho..
- Selly : Obrigado, beijo..
Ligação of
Voltei pra sala e avisei todo mundo, todos comemoram claro, e voltamos a beber e dançar..Bebemos tanto que tenho certeza que vamos nos arrepender amanhã...




COMENTEM COMENTEM COMENTEM!

Cap 32 postado, agora comenteeeeem ..


Nothing is by chance - Cap 31 - A despedida 

- Evellyn : Deve..- Ele me abraçou e sentir as lágrimas descer, nos abraçamos forte e ficamos assim por alguns segundos, depois fomos nos separando lentamente, pude sentir sua respiração ofegante perto da minha, fomos nos aproximando ..

Mais quando íamos nos beijar meu celular toca..Nos afastamos e atendi

Ligação on
- Evellyn : Oi mãe ..
- Selly : Já estão prontas ?
- Evellyn : Sim, daqui uns 20 minutos saímos..
- Selly : Tudo bem..Até daqui umas horas 
Ligação of

- Justin : Já vão ?
- Evellyn : Sim, vamos descer..
Descemos e os meninos já tinham colocado as malas no carro..Olhei para a casa e respirei fundo..Saímos entramos no carro e fomos pro aeroporto..Chegamos lá 9:30 por conta do trânsito..Os meninos desceram as malas e ficamos sentados esperando.. A Alice tava abraçada com o Raylan e eu estava do lado do Justin ..
- Evellyn : O outro que me chama mais atenção se chama Justin..- Falei, não  podia mais esconder
- Justin : Justin ?..- Ele me perguntou como se não acreditasse
- Evellyn : Respondendo a sua pergunta daquele dia..- As lágrimas já desciam
- Justin : Porque está me falando isso só agora ?
- Evellyn : Não sei.. Você sempre foi o dono da minha atenção, desde o dia em que te vi pela primeira vez..Mais você nunca me notou
- Justin : Ever eu sempre te notei, desde do dia em que te vi pela primeira vez, sempre quis te ter, eu só não sabia se sentia o mesmo por mim, aconteceu tantas coisas durante esse tempo, nunca dava, sempre tinha algo..- Seus olhos estavam marejados
- Evellyn : Não era pra ser...

A primeira chamada do voo foi dada..Todos levantaram, comecei chorar e a Alice também, assim como as meninas..A Suany me abraçou forte
- Suany : Se cuida e não me esquece..Quando precisar vou está sempre aqui, sempre..- Chorando


- Evellyn : Eu também, te amo..- Desfizemos o abraço
- Siara : Não tenho palavras amiga, eu te amo..Não esquece de mim..- Chorando
- Washiley : Quando der vem nos ver ta ?..Vamos está aqui esperando de braços aberto..- Nos abraçamos
- Evellyn : Ta bom, vão nos ver também..- Desfizemos o abraço
- Raylan : Um ano aqui e já conquistaram nossos corações.. Vou sentir saudades minha linda..Se cuida ta ?..- Ele me apertou forte e desfizemos o abraço, só assenti, já não conseguia mais falar nada
- Robert : Se cuida princesa..- Nos abraçamos
- Heberson : Não demora de vim nos ver, vou sentir sua falta, muita mesmo.. Esses dias que passaram lá em casa me mostraram que pode sim haver amizade entre homem e mulher.. Obrigado por tudo, volta logo..- Nos abraçamos
- Evellyn : Eu que agradeço meu amor.. Vou voltar sim..- Desfizemos o abraço
- Justin : O que falar ..- Me abraçou..- Vou sentir sua falta.. Obrigado por mostrar que podemos gostar sem beijar, apenas com olhares e sorrisos..Eu sempre te admirei, e independente de tudo, eu sempre vou te admirar, pra mim você sempre será a brasileira mais linda que já vi, desculpa eu ter perdido esse tempo todo, não esquece de mim, se cuida..- Chorei feito uma boba
- Evellyn : Não vou esquecer.. Se cuida e pensa em mim porque vou está pensando em você, aonde eu estiver, sempre, pra sempre..- Nos separamos e vi seus olhos marejados, nos abraçamos de novo e em seguida demos um selinho.. Todos já tinham se despedido e  a segunda chamada tinha sido feita..Então com muitas lágrimas fomos nos afastando e a Alice mandava beijo pro Raylan que se desmanchava em lágrimas, passamos pela porta do avião e vimos eles sumir..Sentamos nas nossas cadeiras e meu mundo parecia ter desmoronado, eu estava feliz por uma parte e triste por outra..Encostei minha cabeça na janela e desabei, a Alice não foi diferente, a nossa viagem seria resumida em lágrimas.
Justin On*

Ela se foi, não faço ideia de quando vou vê- la, se é que vou ver ela de novo..Perdi esse tempo todo, a gente poderia ter ficado, pelo menos teríamos vivido uma história, mesmo que fosse passageira.. Não vou esquecer ela, nenhuma garota conseguiu mexer comigo como ela mexeu... Depois que elas se foram, voltamos pra casa, cada um foi pra sua, estávamos abalados demais com a partida..Amanhã voltaríamos pro colégio, não quero nem ver a tristeza..

Alice On*

Eu perdi ele, perdi ele pra sempre..Nosso amor acabou, não vou ter mais seus beijos e abraços.. Eu nunca tinha gostado de alguém tanto assim, como vou vê-lo.. E quando ele tiver namorando e eu ver nas redes sociais, só vou poder lamentar, e a saudade ?, a saudade vai morar comigo a partir de hoje..Eu vi a Evellyn chorando encostada na janela, sei que não ta nada fácil pra ela também, mais não conseguir falar nada, apenas deixei as lágrimas escorrer pelo meu rosto e aquela dor me invadir mais forte a cada segundo..

Evellyn On*
Acabamos dormindo. Acordei meio perdida, já tínhamos chegado, acordei a Alice para descermos..

- Evellyn : Ali acorda, chegamos..- Ela despertou e me olhou, pude ver a tristeza em seu olhar, mais ao mesmo tempo a felicidade de estarmos de volta. Saímos do avião e logo vimos eles, sorrimos e corremos pro abraço..Me sentir acolhida nos braços da minha mãe, a Alice abraçou nosso pai e depois abraçamos o Kelvin..
- Kelvin : Que saudades de vocês..- Ele sorriu
- Evellyn : Nossa, ta mudado..- Sorrimos
- Alice : Sentir sua falta..- Ela sorriu, sei que ela queria chorar
- Selly : E nós ? não sentiram saudades ?
- Evellyn : Claro que sim né mãe..- Abraçamos ela
- Francis : Não mereço um também ?.- Ele nos olhou triste.. Lembrei que viajei com raiva dele, mais foi graças a ele que conheci todos lá e tive vários momentos bons..Então abraçamos ele forte..
(...)
Chegamos em casa e sorri ao ver que tudo estava como antes, do mesmo jeito que deixamos..Fomos pro nosso quarto e deixamos as malas..Tomamos um banho e fomos pra sala..
- Evellyn : Porquê as meninas não foram nos buscar ?
- Sellyn : Estavam ocupadas demais, elas até queriam ir..
- Kelvin : E  então, como foi passar um ano em Los Angeles..
- Evellyn : Foi bom, no começo estranhamos, mais depois fomos nos acostumando..- Suspirei
- Selly : Imagino..Preparei um lanche pra vocês vão comer..- Sorrimos e fomos pra cozinha
- Evellyn : Já estou com saudades ...
- Alice : Eu também..
- Evellyn : Mais me sinto bem, aqui é nossa casa..- Sorri sem mostrar os dentes
- Alice : É.. Um dia essa dor passa..
- Selly : Passa sim meu amor..- Ela entrou na cozinha nos assustando
- Evellyn : Nossa mãe..- Sorrimos
- Selly : Desculpem.. Se apegaram com alguém por la né ?
- Evellyn : Sim, nossos amigos..
- Selly : Notei a carinha inchada de vocês, choraram muito.. Como eu..
- Alice : Ah mãe, como vamos ver eles ? , Como vamos abraça-los, como ?..- Ela começou chorar
- Selly : Nos pensamentos, vão conversar pelo celular, na web..Indo lá.. Vocês vão se ver, não se preocupe...- Abraçando ela
- Evellyn : Como isso é difícil...

(...)

Terminamos de lanchar e subimos pro quarto, estávamos cansadas..Ficamos conversando e depois dormimos..
Dia Seguinte.. 10:00 hrs

Acordei com vozes no quarto, por um instante pensei que estava no quarto da escola com as meninas conversando..Abrir os olhos rapidamente e vi que não era elas, mais tive uma visão boa, as meninas estavam no nosso quarto sorrindo..Sorri e levantei indo abraçar elas, a Alice acordou atordoada e sorriu ao vê-las..Nos abraçamos e sorrimos muito..
- Alice : Isso é jeito de nos acordar..
- Marisa : Claro que é ..
- Evellyn : Nossa pensei que...- Não terminei a frase
- Clara : Pensou que estava la ?..- Assenti
-  Karolaine : Imagino a saudade, sei que vocês fizeram amigas e amigos por lá..
- Alice : E namorado também..- Ela suspirou e todas ficaram nos olhando
- Evellyn : Ela, eu não...- Sorri e olhei pra Alice
- Kátia : Namorado ? , como assim , contem logo..
- Alice : Eu tava envolvida com um garoto lá..
- Evellyn : Não vou falar nada, é muita coisa pra explicar..- Deitei e sentir elas puxar meu pé
- Todas : Fala logo..- Bufei e comecei contar tudo, desde o começo até o fim, detalhes por detalhes..A cada palavra era uma reação diferente..No fim das contas já estávamos sorrindo das coisas e fazendo palhaçadas, o vazio estava sendo preenchido, pelo menos por enquanto..
- Clara : Vocês são loucas ..
- Kátia : Três ever ?..
- Marisa : Pra quem era bv né..
- Karolaine : Mais ela perdeu com o Erik..

Erik, quando viajei pensava que nunca esqueceria ele, mais aconteceu tantas coisas em Los Angeles que hoje..Será que vai ser assim com o Justin ?..

- Kátia :  Ei acorda..Ta pensando no Erik ?
- Evellyn : Sim, achei que gostava dele..
- Clara : Não gosta mais ?
- Evellyn : Sei lá..Quando cheguei em Los Angeles, me esqueci dele, eu acho..
- Alice : Claro, tinha olhos só pro Justin..
- Clara : Oi Justin, me beija Justin..- Sorrimos
- Evellyn : Otárias..- Revirei os olhos ..- Não fiquei com ele, como eu disse, só demos dois selinhos..- Lamentei
- Kátia : Pois saiba que o Erik ainda pergunta por você ..
- Evellyn : Sério ?..
- Kátia : Sim..
- Evellyn : Hum.. Não quero saber de garotos por agora..- Deitei
- Alice : Nem eu..
O quarto ficou em silêncio...Alguém bate na porta
- Evellyn : Entra..- A porta se abriu e vi meus olhos brilhar
- Meninos : Cadê as mais lindas ..- Eles sorriram e eu e a Alice corremos para abraça-los
- Caio : Ta mais gorda..- Me levantando no ar
- Evellyn : Nossa, não estou gorda..- Sorri
- Lucas : Ta gostosa..- Sorrimos
- Evellyn : Tarado..- Sorri
- Alice : Sentem, vamos conversar..
- Caio : Vamos contando logo o que andaram aprontando lá...
- Evellyn : Melhor sentarem logo então..- Sorrimos

(...)

Passamos a manhã conversando e brincando, depois fomos almoçar..Depois do almoço fomos a sorveteria..
- Lucas : Tava com saudades dessas risadas..
- Evellyn : Também..Um ano não é fácil..
- Alice : Não é mesmo..- Pensando em algo
- Gustavo : Ou é né..Do jeito que a Alice ta voando ai, deve ter sido fácil demais..- Sorrimos
- Caio : Imagino..
Continuamos tomando sorvete até que..
- xx : Evellyn ?..- Me virei e nossos olhares se cruzou, nossa ele estava diferente
- Evellyn : Erik ?..- Sorri sem jeito
- Erik : Nossa não esperava te encontrar aqui..- Ele se aproximou e nos cumprimentamos
- Evellyn : Cheguei ontem...
- Erik : Nossa, você não sabe o quanto estou feliz..- Ele sorriu bobo e pude ver a felicidade em seu olhar..Uma pena eu não sentir mais nada, ou eu ainda sinta..Olhei pras meninas e os meninos e eles sorriram..
- Evellyn : Também..- Sorri
- Erik : Então, eu vou indo..Éer..Depois nos vemos..
- Evellyn : Claro, me liga..- Dei um beijo na bochecha dele e voltei pra mesa, todos me olharam e já pude ouvir o '' huuuum ''..
- Caio : Ta podendo em..- Revirei os olhos
- Clara : Menina dos contatinhos..- Sorrimos
Passamos a tarde na sorveteria, não tinha nada pra fazer mesmo. Depois voltamos pra casa e nos despedimos..Eu e a Alice fomos pro quarto tomamos um banho e fomos pra sala..
- Alice : Cadê o papai ?..- Perguntou pro Kelvin assim que chegamos na sala
- Kelvin : No trabalho..- Sem tirar os olhos da tv
- Evellyn : Alice vamos ligar pras meninas ?
- Alice : Vamos..- Ela sorriu animada
- Evellyn : Vem..- Voltamos pro quarto e sentamos na cama, peguei meu celular e disquei o número da Suany..Na segunda chamada ela atendeu

Ligação on
- Evellyn : Oi amiga..- Sorri
- Suany : Oi amiga como foi a viagem ?
- Evellyn : Foi bem, não ligamos antes porque não deu..
- Suany : Tudo bem..
- Evellyn : Como ta as coisas ai ?..- Sentir aquele vazio
- Suany : Não ta legal as coisas aqui..Todos tristes, sem animação pra nada, as aulas estão tediantes, e os meninos mal brinca..- Ouvir ela suspirar
- Evellyn : Cadê as meninas e os meninos ?
- Suany : Estão aqui loucas pra falar..- Sorriu
- Evellyn : Põem no viva voz...- Ela colocou..- Oi meus amores..
- Meninas : Oi ever..- Falaram juntas 
- Suany : E a Alice ?
- Alice : To aqui, morrendo de saudades de vocês..
- Siara : Aqui está um velório, sem vocês..Só a Tamires que ta fazendo a festa..- Sorrimos
- Evellyn : Imagino..Aquela entojada mal amada...
- Alice : Eu adoraria voltar e acabar com a alegria dela..Mais cadê os meninos ?...Queria falar com eles...- Elas ficaram em silêncio e eu e a Alice nos olhamos sem entender, a ligação ficou muda..
- Raylan : Oi amor..- Vi os olhos da Alice marejar
- Alice : Oi amor, como você está ?
- Raylan : Estou tentando ficar bem e você ?
- Alice : Estou com saudade..
- Raylan : Eu também..Aqui está sem graça sem vocês..
- Evellyn : Eu sei cunhado, mais vamos dar um jeito de ir ai..
- Raylan : Então venham amanhã..- Sorrimos 
- Evellyn : Quem dera..
- Robert : Estou com saudades..- Ele gritou
- Heberson : Também..
- Evellyn : Também estamos..
- Washiley : É pedir muito, se eu falar que quero vocês aqui..
- Evellyn/ Alice : É..- Lamentamos
- Suany : Tem alguém querendo falar com vocês..- Eles ficaram em silêncio, logo em seguida..
- Justin : Oi ever..- Aquela voz perfeita
- Evellyn : Oi jus..Tudo bem ?
- Justin : Não..E você ?
- Evellyn : Também não..
- Alice : Oi justin..
- Justin : Oi ali, estou com saudades dessa sua carinha chata..- Sorrimos
- Alice : Também estou de você..
- Justin : Vou sair agora meninas, já temos dever por aqui..Ouvir a voz de vocês já me ajudou e muito..
- Evellyn : Tudo bem, vai lá.. Boa sorte nos deveres..
- Justin : Obrigado..Thau lindas 
- Evellyn/ Alice : Thau..
- Suany : Também vamos fazer os deveres meninas..Sem contar que os meninos estão aqui no quarto, se pegam, estamos fritos, e não sobra um pra contar história..- Sorrimos
- Evellyn : Tudo bem..Um beijo bem grande pra cada um, amamos vocês..Beijos
- Suany : Também amamos vocês.. beijos..
Ligação of

Olhei pra Alice e desabamos..Era o nosso desabafo..Chorar era nosso melhor desabafo..
DIAS DEPOIS...

Os dias se passaram e nós já estamos mais acostumadas com a ideia que voltamos e é aqui nosso lugar, Los Angeles vai ficar sempre nas lembranças, e um dia iremos lá , quem sabe não encontramos todos novamente né..Aqui as aulas já começaram, e confesso que já tinha acostumado com a rotina de lá, mais com tempo tudo se ajeita né.. Pego a Alice chorando de vez em quando mais logo ela para.. Agora com as aulas vejo as meninas e os meninos todos os dias..Estamos estudando de manhã..Vejo o Erik todos os dias também, só estamos em sala diferente, ele continua do mesmo jeito de antes, carinhoso e todo atencioso comigo, me manda mensagem e me liga quase sempre, durante esses dias saímos umas duas vezes, não rolou beijo, não conseguir, meus pensamentos é inteiramente do Justin, ainda..Falo com as meninas toda semana, estamos mantendo contato pelo menos..Nossos pais passam o dia fora, eles andam muito ocupados e bem preocupados ultimamente, mais não nos falaram nada..Então não quis perguntar nada..Agora estamos terminando de tomar café da manhã para irmos pro colégio
- Alice : Anda ever ..
- Evellyn : Anda ever e tu ainda ta aqui sentada do meu lado comendo..- Revirei os olhos
- Alice : Acabei de terminar, você que é lerda demais ..
- Evellyn : Vai sozinha então, vou depois..
- Alice : Ta, eu te espero e tu ainda fala pra mim ir sozinha..- Levantando
- Kelvin : Para vocês duas..- Entediado
- Evellyn : Nem estamos atrasadas e tu me apressando..
- Alice : E dai, temos que ser pontual..
- Evellyn : Ô meu Deus ..- levantei  peguei minha bolsa e sair antes que eu e ela caísse nos tapas ..

(...)

Já tínhamos chegado no colégio..
- Marisa : Esse sinal que não toca..
- Clara : Verdade, a única coisa que eu quero e entrar na sala e sentar..
- Karolaine : Somos duas..Voltou as aulas, voltou os cursos infernais
- Kátia : Que raiva...
- Evellyn : Ainda estão nesses cursos ?
- Todas :Sim..
- Kátia : Acaba esse ano..
- Marisa : E se não acabar, eu saio, to nem ai..
- Alice : E a gente pensando que o nosso era o pior..- Sorrimos
- Marisa : Sortudas ..- O sinal tocou e demos graças a Deus. Entramos na sala e cada uma foi pro seu lugar..
(...)

Tivemos todas as aulas e já estávamos sendo liberados, vários alunos pra lá e pra cá quando sinto alguém pegar no meu braço, me virei rapidamente e vi o Erik
- Evellyn : Ah, oi Erik..
- Erik : Oi linda..Então queria te chamar pra sair, que tal um cinema ?

Engoli seco, não queria sair com ele, sei lá, não estava com vontade. O que eu faço ?

- Evellyn : Ta bom, eu aceito..Passa lá em casa...- Ele sorriu e assentiu
Saímos do colégio e fomos direto pra casa..Eu queria dormir..Só dormir...Nos despedimos das meninas no elevador e entramos em casa, fui pro quarto joguei a bolsa em cima da cama, tirei o uniforme e fui direto pro banheiro..Depois do banho coloquei uma roupa confortável e dormir..
(...)

Acordei na hora do almoço, mais não tava com fome então comi uma maçã e voltei a dormir..Não sei da onde tirei tanto sono..
(...)

Acordei com a Alice me chamando..Odeio quem me acorda..
- Evellyn : Quié Alice ?..Me deixa dormir, que saco..
- Alice : Ata desculpa, pensei que fosse sair hoje..- Ela falou despreocupada

Dei um pulo da cama, tinha me esquecido do Erik, nossa..Fui pro banheiro e me arrumei rápido, passei só o rímel e um gloss, coloquei um vestido simples e esperei o interfone tocar..Ufa.. Minutos depois o interfone tocou avisando a chegada do Erik
- Alice : De nada..- Ela gritou do quarto
- Evellyn : Obrigado..

Cheguei lá em baixo, ele tava todo bonitinho me esperando..Nos cumprimentamos e fomos..Fomos de motorista, ele não podia dirigir ainda..Chegamos no cinema e ele foi comprar as pipocas..
(...)

Era um filme de romance, eu estava super concentrada, mais ele não, sentir uma de suas mãos acariciar meu ombro..Hoje eu não escaparia do beijo..Aos poucos ele foi se aproximando, ficando cada vez mais perto. Eu não podia beijar ele, mais como eu diria não, acabei deixando e nos beijamos..Com tudo pra ser especial, eu só sabia pensar no Justin, enquanto ele está lá se lamentando eu to aqui aos beijos com outro, não é certo, mais poxa, estamos do outro lado do mundo, e nem sei que tempo vamos nos ver ..O que custa fazer a noite do Erik feliz né..Paramos o beijo por falta de ar e ele sorria bobo, não queria estragar aquele momento dele, sorrir de volta e voltamos a assistir o filme..
(...)
Depois que o filme terminou ele me levou pra praça que tínhamos ficado antes de irmos viajar..E ai me lembrei daquele dia que foi tão triste pra mim, a nossa viagem, as despedidas, o beijo..Me lembrei do rostinho dele triste ao receber a noticia..Então notei que um ano se passou e ele ainda sim perguntava por mim, enquanto eu... Ele ainda me desejava, e me tratava do mesmo jeito sem mudar nada.. É, pra ele eu fui importante, ele me esperou, e se eu tivesse pedido pra ele esperar, ele teria esperado.Nos sentamos em um banquinho e fiquei calada pensando em tudo..
- Erik : Eu te esperei ..- Ele me olhou
- Evellyn : Percebi..
- Erik : Porque se esqueceu de mim ? ..- Sentir minha garganta dá um nó
- Evellyn : Não esqueci, você sempre esteve aqui..- Me referi ao meu coração
- Erik : Seu beijo..
- Evellyn : O que tem meu beijo ?
- Erik : Está diferente..
- Evellyn : Um ano se passou.. Não tem como ser a mesma pessoa..
- Erik : Eu mudei ?

Fiquei sem palavras..

- Evellyn : Não..- Suspirei
- Erik : Então tem como sim..Ever eu sempre gostei de você, sempre te olhei, te admirei, sempre quis seu beijo..Eu consegui, fiz do seu primeiro beijo um dia especial..Me entreguei..Sabe, eu não sei o que é amor, mais sei que gosto muito de você e te esperei por 12 meses, eu contei as horas pra esse momento..
- Evellyn : Eu também gosto de você, eu sei que me admira, eu também te admiro muito, é que eu pensei que não fosse me esperar sabe, que estava aqui com outras..
- Erik : Não nego que fiquei com uma menina, mais meu pensamento era você..
- Evellyn : E se eu tivesse pedido pra ficar me esperando ? Teria ficado com outra ?
- Erik : Não, claro que não.. Fiquei com essa menina porque ela insistiu muito e você não me pediu pra esperar.. Mais foi só ela
Pois é, e eu fiquei com quatro lá.. Meus Deus, se eu falar isso, pronto..

- Evellyn : Relaxa..
- Erik : Sabe o que eu ia fazer naquele dia ?
- Evellyn : Não, o que ?
- Erik : Te pedir em namoro..
- Evellyn : Imaginei..Por isso falei primeiro da minha viagem
- Erik : E iria aceitar ?.. Se você não fosse viajar
Claro que iria, naquele dia eu sentia algo..

- Evellyn : Iria, eu aceitaria sim..
- Erik : E hoje ?..- Fiquei sem saber o que falar, eu estava perdida..- Aceitaria hoje ?
- Evellyn : Erik não é bem assim, mal ficamos..Temos que nos conhecer melhor entende..
- Erik : Não, não entendo..Não precisa de beijo nem de anos de conivência para gostar de uma pessoa e pedi-la em namoro, basta um encontro, um olhar, um simples olhar..
- Evellyn : Você quer tanto ? Porque ?
- Erik : Porque você é a garota que eu sempre quis ter, eu sei que vamos dar certo e descobri que o amor está ao nosso favor..
- Evellyn : Posso pensar ?
- Erik : Pode..Mais antes..- Ele me beijou de surpresa e não pude fazer nada a não ser corresponder
(...)

Ele me levou pra casa e eu entrei pensando em tudo, no que eu iria fazer, no que eu iria responder ..Entrei no quarto e contei pra Alice tudo, os beijos e a conversa, ela estava boquiaberta e sem saber o que dizer como eu..Ficamos conversando por horas e depois decidimos dormir..Deitei e virei de lado, me lembrei dos momentos bons com o Justin e por um momento imaginei eu e ele naquele banquinho, teria sido tão diferente, eu teria dito um sim, nos beijaríamos e ficaríamos felizes..Pensei em tudo que o Erik tinha me falado, e não estava na hora, eu não estava pronta, não agora..Acabei adormecendo
Dia Seguinte..
Acordei disposta a por um ponto final nessa história..Me levantei e fiz minhas higienes diárias, banhei e me arrumei pro colégio. A Alice fez o mesmo, tomamos café e fomos pro colégio, no caminho contei para as meninas e elas me aconselharam a esperar..Tivemos aulas normais e fomos liberados, procurei pelo o Erik e não achei..Estávamos voltando quando vejo ele com os amigos..Parei e pedi as meninas que me esperassem na sorveteria
- Erik : Oi princesa..- Nos cumprimentamos
- Evellyn : Oi, então, eu pensei..E acho melhor esperarmos mais um pouco, vamos continuar sendo amigos, e mais na frente quem sabe..
- Erik : Tudo bem..Eu te entendo, vamos continuar sendo amigos..- Ele me abraçou

Que ? Como assim ele aceitou tão rápido.. Nossa..Que bom então..

- Evellyn : Então ta..Vou indo lá..- Sair e vi ele me olhar sorrindo

Continuei andando e encontrei as meninas..Contei tudo pra elas e depois voltamos pra casa..Até que me sentir aliviada..Eu estava bem sozinha, aprenderia a esquecer o Justin, já que não havia outra saída, a não ser tirar ele dos meus pensamentos..Eu voltei e tenho que viver minha vida, tenho que seguir em frente, talvez um dia nos encontramos por ai..

2 ANOS DEPOIS..





Voooooltei amoreeeees... Como demorei muito pra postar, vou postar dois cap ainda hoje, só peço que comentem e falem o que estão achando, isso me ajuda muiiito e não sabe o quanto fico feliz..